Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Você trocaria sua dignidade por like e dinheiro? Uma análise da luta entre Popó e Bambam

No último final de semana, uma das coisas mais comentadas na internet e nas rodas de conversa era uma luta de boxe. A luta entre Kléber Bambam, ex-BBB, contra Acelino Popó Freitas, ex-pugilista e campeão mundial de boxe.

O motivo da comoção veio das provocações.

O ex-BBB, estreante no boxe, provocou tanto o ex-pugilista que gerou esse hype – e uma inimizade com um dos principais atletas do esporte brasileiro.

O resultado foi um recorde de audiência, um Bambam que voltou aos holofotes depois de anos afastado (ver gráfico abaixo) e um caminhão de dinheiro para os dois.

Mas será que vale a pena? Será que vale a pena passar vergonha em nível nacional, fazendo uma luta pífia, sendo humilhado no ringue, para conseguir um punhado de likes?

Será que vale a pena desrespeitar um atleta lendário do esporte nacional em busca de ganhar alguns seguidores, muita mídia e um cachê milionário?

O resultado dá para ver claramente no gráfico abaixo do Google Trends. A pesquisa no nome de Bambam nunca foi tão alta desde o início da série histórica (vale lembrar que Bambam foi campeão do BBB em 2022).

Financeiramente, o negócio também compensou. Estima-se que Bambam tenha levado R$ 1,5 milhão para sofrer a derrota que sofreu e se tornar meme na internet.

Mas o ponto é: até onde vale a pena trocar valores básicos e dignidade por dinheiro? Isso realmente é algo saudável e positivo para a sociedade?

Não tenho a resposta. O que posso dizer é que seria algo que eu jamais faria e, como consultor de marketing, também nunca recomendaria a uma marca trocar seus valores fundamentais, seu branding, por 15 minutos (30 segundos, no caso) de fama altamente questionável.

Compartilhe com seus amigos!

Novos

Mais antigos

Continue vendo